Fundamento RP

Sala de imprensa

Me irrita quando me chamam de viadinho. Eu sou viadão”, afirma Aretuza Lovi

A partir de hoje, a MTV veicula o depoimento exclusivo da drag queen Aretuza Lovi. A ação inédita vai ao ar durante a programação do canal e nos perfis da MTV Brasil nas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram). No ar desde 17 de maio, a nova fase da campanha Coming Out in 60´ – #PRONTOSAÍ celebra o ato de ‘sair do armário’.

“Na minha adolescência eu sofri um conflito muito interno. Tudo era muito velado. A gente escutava em casa comentário do meu pai apontando gays na rua ou condenando uma travesti”, revela Aretuza quando questionada sobre como foi se aceitar do jeito que realmente queria ser. “Aquilo me gerou um conflito muito interno. [Eu pensava] Poxa, eu não posso ser assim, porque a sociedade não vai me aceitar dessa forma”, completa.

Em depoimento corajoso e inspirador, Aretuza ainda fala sobre como o preconceito mata e o quanto o Brasil ainda condena a sociedade LGBTQ “Verde e amarelo não é tão colorido assim. O nosso país é o país que mais mata LGBTQ e todas as siglas do nosso arco-íris”.

A versão internacional de “Out in 60” contou com a participação de RuPaul, Leona Lewis, Ingrid Nilsen, Charlie Carver, Maggie Lindemann, Lucas Cruikshank, Connor Franta, Marnie Simpson, Patrick Starr, Courtney Act, Laith Ashley, Matteo Lane, entre outros. Ao redor do mundo, os depoimentos das personalidades internacionais poderão ser assistidos na MTV, VH1, Logo, BET, Channel 5, Comedy Central, Nicknight e VIVA.