Business Analytics, Business Intelligence e o que o Isaquias Queiroz tem a ver com isso

ago 12, 2021 | Blog

Business Analytics (BA) ou Business Intelligence (BI)? Muita gente ainda se confunde com esses termos. Parece a mesma coisa, mas não é.

Em seu artigo The New World of “Business Analytics”, produzido para o International Institute for Analytics, o autor norte-americano Thomas H. Davenport aponta que Business Intelligence se refere ao reporte de indicadores da empresa, enquanto Business Analytics é o processo que agrega o reporte de indicadores, sua análise, previsão de cenários e recomendações.

Se aplicássemos o conceito de Business Intelligence, digamos, ao desempenho de Isaquias Queiroz nos Jogos Olímpicos de Tóquio, teríamos como resultado várias informações relevantes.

Saberíamos que o atleta baiano, de 27 anos, conquistou a medalha de ouro na categoria C1 1000 da canoagem velocidade. Que foi a quarta medalha olímpica em sua carreira. Que na disputa final, ele fez o tempo de 4min04s408, seguido pelo chinês Liu Hao, com 4min05s724, e pelo moldavo Serghei Tarnovschi com 4min06s069.

Mas se aplicássemos o conceito de Business Analytics, utilizaríamos todos os dados fornecidos pelas ferramentas de Business Intelligence para entender como e porque o canoísta brasileiro venceu a prova final.

Compararíamos a influência de indicadores importantes, como o preparo físico de cada atleta, condições meteorológicas, a força que cada um aplicou à água.

Concluiríamos quais foram suas vantagens competitivas e poderíamos simular suas perspectivas para Paris 2024, fazendo também recomendações das melhores estratégias em cada cenário.

Dados apurados mais capacidade analítica: é assim que as empresas que utilizam Business Analytics já estão um passo à frente da concorrência.

Compartilhe este conteúdo

Leia também