Cirurgia bariátrica pode causar pedra na vesícula

abr 4, 2024 | Sala de Imprensa, Zambon do Brasil

36% dos pacientes desenvolvem o problema até o sexto mês do pós-operatório e cerca de 59% são assintomáticos

São Paulo, maio de 2018 – A cirurgia bariátrica traz muitos benefícios para quem deseja e precisa perder peso. Porém, existem grandes chances do paciente desenvolver cálculos biliares, a também chamada Colelitíase pós-cirurgia bariátrica, que se formam na vesícula. “Isso ocorre em 38% dos casos, geralmente após seis meses da cirurgia e é ocasionado pela rápida perda de peso ou por dietas com baixa caloria”, alerta Dr. Luiz Vicente Berti, cirurgião bariátrico.

Segundo o médico, na maioria dos casos, quando os cálculos trazem sintomas, o paciente já está com quadro de inflamação da vesícula, por isso a cirurgia é a maneira mais eficiente de acabar com o problema. Além disso, algumas vezes, o problema pode ser assintomático, os principais sintomas são dores intensas do lado direito do abdome, náuseas e vômitos.

Dr. Berti alerta para a prevenção do cálculo biliar para quem deseja realizar a cirurgia bariátrica. “É importante conversar com o médico sobre o tratamento através do uso de algum medicamento específico, que pode evitar a necessidade de uma cirurgia”, finaliza.

Compartilhe este conteúdo

[DISPLAY_ULTIMATE_SOCIAL_ICONS]

Leia também

Realidade Estendida em Publicidade e Marketing

Realidade Estendida em Publicidade e Marketing

Dentro da temática tecnológica, a Inteligência Artificial tem sido destaque, mas outras inovações, como a Realidade Estendida, também oferecem inúmeras possibilidades criativas. A combinação de conteúdos textuais inteligentes com recursos visuais imersivos de...